Sistemas de Tai Chi Chuan

O termo Tai Chi Chuan (Taijiquan), embora designando uma determinada modalidade, inclui na realidade uma série de linhagens, métodos e sistemas substancialmente diferentes na sua aproximação ao exercício, embora na realidade os princípios fundamentais de prática sejam comuns a todos eles.

Sendo considerada a escola mais antiga e original, o sistema Chen (fundado na família com o mesmo nome nos século XVII) deu origem, nos princípios do século XIX, a uma outra escola de nome Yang que rapidamente se transformaria na mais popular, sendo basicamente uma simplificação da escola original. A partir desta surgiriam as escolas Wu, a escola Wu/Hao e a escola Sun, sendo consideradas as mais conhecidas e importantes, juntamente com a escola Chen e Yang.

Já em meados do século XX surgiria a famosa sequência de 24 movimentos de Pekín, talvez a mais popular sequência de Tai Chi Chuan, dada a sua simplicidade e facilidade de aprendizagem.

Hoje existem numerosas coreografias, muitas pertencentes a linhagens antigas, outras criações contemporâneas com objetivos de recreação ou para efeitos competitivos, no entanto todas elas partilhando a mesma base comum e os mesmos princípios originais.

Resumindo, as principais escolas são:

  • Escola Chen – a original e mais antiga
  • Escola Yang – surge a partir da escola velha (Lao Jia) do sistema Chen
  • Escola Wu/Hao – de Wu Yuxiang, surge com base nas escolas Yang e Chen da aldeia de Zhaobao
  • Escola Wu – de Wujianquan, surge com base nas escolas Yang
  • Escola Sun – surge a partir da escola Wu/Hao, e mistura ainda XingIquan e Bagwazhang